TERMINEI O MEU ROTEIRO / LIVRO. E AGORA? O QUE FAZER?

Terminou a sua história em quadrinhos ou livro? E agora, o que fazer?

Juntar tudo e publicar logo?

Não, calminha! Você não pode pular uma das etapas mais importantes da a sua obra: a revisão.

Mesmo que a sua história esteja incrível, sua arte magnifica e os diálogos impecáveis, um pequeno erro pode acabar com o seu projeto.

Para não correr o risco de passar vergonha, siga os passos que compartilhamos neste artigo.

 

RELEIA A SUA OBRA

importância-revisão-imperial-hqs-1

Depois de escrever a sua obra, releia. Analise se o seu roteiro ou livro está condizente com o esperado.

Se necessário, e acredite, será necessário, reescreva uma determinada parte que ficou confusa ou acrescente aquela informação que você deixou de lado.

E agora? Pronto? Posso publicar o meu livro ou começar a desenhar a minha história em quadrinhos?

Não, está na hora de colocar a sua obra na gaveta.

 

DEIXE O LIVRO OU ROTEIRO GUARDADO POR 30 DIAS E EM SEGUIDA, RELEIA

importância-revisão-imperial-hqs-2

Fique um tempo longe da sua história. Deixe a sua mente se desconectar daquele universo e daquelas personagens.

Você trabalhou nesta obra por muito tempo e, por causa disso, os seus olhos e mente já estão treinados, acostumados, e fazem com que você pode deixar passar alguns erros.

Depois de cerca de um mês sem ter contato com a obra, releia. Você ficará impressionado com a quantidade de mudanças que você desejará fazer.

Reescreva a sua história e faça as devidas alterações.

 

COLOQUE-SE NO LUGAR DO LEITOR

importância-revisão-imperial-hqs-3

Leia com os olhos de um leitor. Seja crítico.

Analise se nenhum detalhe foi deixado de lado, afinal o leitor não conhece tão bem o universo que você criou como você conhece.

É natural deixar de lado alguma informação por já estarmos familiarizados com a história, mas o leitor não conhece nada sobre a sua obra.

Tome cuidado para não negligenciar nenhum detalhe que seja essencial para o desenvolvimento da trama.

 

LER O TEXTO EM VOZ ALTA

importância-revisão-imperial-hqs-4

Ouvir a sua voz faz com que o seu cérebro perceba se uma frase está mal construída ou não.

Além disso você perceberá se a sonoridade dos termos usados está agradável.

Ao ler diálogos, interprete as suas personagens. Leia o texto no tom exato e na emoção que aquela personagem sente naquele momento, para ver se as palavras se encaixam.

 

IMPRIMA

importância-revisão-imperial-hqs-5

Imprima o seu livro ou história em quadrinhos.

Ler em um local diferente pode oferecer conforto e lhe dará a opção de fazer notas e rabiscos.

 

ELIMINE PARTES DESNECESSÁRIAS PARA A TRAMA

importância-revisão-imperial-hqs-6

Exclua partes que não servem para evoluir a sua personagem ou a trama principal. Seja objetivo.

Uma obra costuma ter subenredos, acontecimentos paralelos a aventura principal. Mas tome cuidado: o subenredo deve trabalhar para enriquecer a obra, não para encher linguiça.

Mesmo que aquela cena seja incrível, impressionante e de tirar o fôlego, se não ajudar no desenvolvimento da história não serve para nada. Não tenha dó de excluí-la.

 

[epico_capture_sc id=”2242″]

 

TOME CUIDADO COM A ORTOGRAFIA

importância-revisão-imperial-hqs-7

Tenha extremo cuidado com a ortografia, leia o seu texto com cuidado para que nenhum erro passe.

Contrate alguém ou peça para que outra pessoa faça a revisão ortográfica depois de você.

Se possível for, passe a versão revisada do seu texto para um segundo revisor.

Erros ortográficos podem acabar com a sua reputação e nós não queremos isso, não é mesmo?

Este infográfico incrível criado pelo Viver de Blog traz alguns exemplos de erros ortográficos cometidos com frequência, confira:

Assista estes vídeos para aprender mais (e rir muito kkk):

Playlist com todos os vídeos da série.

Confira as 20 dicas sobre como escrever um bom texto criadas pelo REVISÃO PARA QUÊ? (você pode até contratá-los para fazer a revisão para você 😉 )

 

 

PEÇA PARA OUTRA PESSOA LER A SUA HISTÓRIA

importância-revisão-imperial-hqs-8

Sim, os revisores de texto já leram a sua obra e se certificaram de que não há erros ortográficos, mas agora é hora para que um leitor, alguém próximo do público que consumirá a sua obra, leia.

Procure alguém de confiança e que seja sincero. Fuja daquelas pessoas que só lhe fazem elogios.

Você vai descobrir alguns pontos que podem ter ficado confusos para o leitor e, mesmo que você acredite que o seu texto está perfeito, leve em conta a opinião deste “leitor beta”.

Analise se os comentários da pessoa são relevantes para a sua obra, deixe o seu ego de lado.

Nós, autores, principalmente quando ainda estamos iniciando na carreira, tendemos a ser um pouco egocêntricos. Tome cuidado com isso.

Lembre-se: você não está fazendo esta história para si, mas sim para os seus leitores. A opinião de alguém sincero é essencial.

 

Vamos tomar cuidado com esta parte do processo de escrita e da criação de uma história em quadrinhos.

Artistas Independentes tendem a não tomar cuidado com esta parte, mas se algum dia você quer se tornar um profissional, não ignore-a.

Gostou do artigo? Compartilhe!



Bruno Vieira Written by:

Fundador da Craft Comic Books e da Craft Autors.