12 DICAS (+1) RELEVANTES PARA QUADRINISTAS INICIANTES

Por onde começar?

Esta foi a principal pergunta que me fiz quando decidi que queria criar a minha história em quadrinhos.

O único suporte que tinha em mãos era uma edição de aniversário da Turma da Monica, que contava como era a produção de quadrinhos na Mauricio de Souza Produções, e a minha coleção de gibis.

Na época não tinham muitas informações na internet e eu não conhecia ninguém que curtisse este universo (mal de se viver em uma cidade pequena).

Começar é sempre difícil, mas não se preocupe, nós vamos dar 12 Dicas (mais uma extra) para que você comece com o pé direito no universo de autores de histórias em quadrinhos.

 

1 – COPIE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-danielle-macinnes
Foto de Danielle MacInnes

Pegue uma história em quadrinhos da sua estante, escolha uma página e tente reproduzi-la. Isso mesmo, copie! Desde os quadros, balões, falas até os personagens.

Durante o processo visualize como o autor disponibilizou os quadros, quais ângulos ele escolheu para demonstrar uma determinada cena e o posicionamento dos balões.

Repita o processo com diferentes estilos de HQs, preste atenção nos detalhes e escolhas feitas pelo autor.

Em um primeiro momento pode parecer que copiar é algo inútil, mas acredite, repetir este processo fará você perceber algumas das técnicas usadas no quadrinho e assim você poderá formular a sua própria técnica.

 

2 – PLANEJE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-juliette-leufke
Foto de Juliette Leufke

Criar uma História em Quadrinhos é muito mais do que pegar um lápis e um papel e começar a desenhar.

Temos que tomar alguns cuidados adicionais para que o nosso trabalho tenha uma boa repercussão e atinja mais leitores.

Isso significa fazer, revisar, refazer, revisar de novo e repetir o processo quantas vezes forem necessárias para que o seu trabalho seja o melhor possível.

Para facilitar o processo de planejamento, vamos mostrar para vocês como fazer a Matriz FOFA, técnica muito usada no meio publicitário para análise de um determinado produto, serviço ou marca e que lhe ajudará no processo criativo da sua HQ.

Faça uma tabela com duas linhas e duas colunas, formando quatro espaçamentos. No topo de cada quadro coloque os seguintes termos: Força, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças. Preencha os quadros com fatores que interferem na sua história, por exemplo, se a sua técnica de arte finalização for legal coloque-a em “Forças”, se a sua revisão de textos é ruim, coloque em “Fraquezas”, e assim por diante.

Desta forma, você entenderá com mais clareza as suas fraquezas, podendo tomar atitudes para que elas se tornem forças, reverter ameaças e visualizar oportunidades.

 

3 – PÚBLICO ALVO

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-alexandre-chambon
Foto por Alexandre Chambon

Público Alvo é o público que você deseja atingir com a sua história em quadrinhos. Qual é a idade deste público? O sexo? Seus interesses? O que ele gosta? O que ele odeia? Onde ele mora? Que língua ele fala?

Estes são fatores importantes que irão colaborar com o seu processo criativo. Conhecer o seu leitor fará você criar histórias que vão transformá-los em verdadeiros fãs.

Imagine só se o seu personagem ouvir a música que o seu leitor curte, vestir as roupas que ele veste, viver no lugar que ele vive?

Isso causa uma sensação incrível e essencial para qualquer projeto, a empatia.

Foque em um determinado público, não tente conquistar todas as pessoas do mundo. Você perceberá que é melhor ter menos pessoas fieis seguindo os seus projetos do que várias pessoas que leem a sua HQ esporadicamente.

 

4 – MATERIAIS

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-tamarcus-brown
Foto por Tamarcus Brown

Tire da cabeça a frase: “Eu não consigo fazer a minha história em quadrinhos porque não tenho grana para comprar os materiais necessários”.

Não existe essa coisa de material caro ser fundamental para o seu processo criativo, o negócio é a técnica que você usa e a sua criatividade.

Como exemplo, temos o mangaká Hiroaki Samura, autor do Blade, a Lâmina do Imortal. Os quadros mais incríveis nesta obra são feitos à lápis.

Segue a lista dos materiais que nós da Imperial HQs usamos na arte dos nossos quadrinhos:

  • Lápis
  • Borracha
  • Papel Offset A4
  • Régua
  • Apontador
  • Caneta Nanquim Staedtler

 

5 –  TREINE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-braden-collum
Foto por Braden Collum

Nunca pare de estudar arte, roteiro e coloração. Nós, autores de Histórias em Quadrinhos temos o costume de não ficarmos satisfeitos com o nosso trabalho e de certa forma isso é positivo, faz com que nós corramos atrás de experiências para fazer um trabalho cada vez melhor.

Não se acomode com o que você já é capaz de produzir, busque a evolução.

Atualmente existem muitos conteúdos de qualidade referente a ilustrações e produção de quadrinhos, indicamos para vocês três sites/canais que seguimos:

O conteúdo desta galera é muito bom! Vale a pena tirar um tempo para dar uma olhada nos vídeos e artigos e aprofundar os nossos conhecimentos ainda mais.

Desenhe todos os dias. É importante que você exercite esta atividade com frequência para que o seu traço evolua e para que a sua produtividade aumente.

Ao desenharmos uma página por dia durante a criação da nossa HQ Cronos, percebemos que o traço estava cada vez melhor e que o tempo de criação de uma página se reduziu cada vez mais a cada dia.

 

6 – COMPARE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-giulia-bertelli
Foto por Giulia Bertelli

Sente que falta alguma coisa na sua História em Quadrinhos?

Algo está estranho e você não sabe o que é?

Pegue o seu projeto e o coloque ao lado de páginas de outras histórias em quadrinhos e compare.

Analise as diferenças entre a sua obra e a obra de um profissional. As diferenças no enquadramento, posicionamento dos quadros e balões, os ângulos usados para demonstrar uma determinada cena.

Tente enxergar o que falta na sua obra para que ela se assemelhe a uma obra profissional.

Quando fizemos uma análise entre a nossa HQ e HQs profissionais, percebemos que as nossas páginas estavam muito vazias, a resposta estava nos detalhes e nos cenários. Tente fazer o mesmo, talvez você encontre o que está faltando no seu projeto.

 

[epico_capture_sc id=”2242″]

 

7 – TENHA UM RIVAL

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-ming-jun-tan
Foto por Ming Jun Tan

O que seria do Naruto sem o Sasuke?

O que seria do Vegeta sem o Goku?

O que seria do Mashiro sem o Nizuma?

Ter um rival te faz crescer, gera empolgação para conseguir melhorar o seu trabalho. Mas entenda! Rival não é um inimigo, não é para espalhar o ódio por aí.

Não chegue para uma pessoa e diga: “Eu sou o seu rival! Vou ser melhor que você!”. Tenha isso somente em sua mente como um exercício para ter um combustível para continuar com os seus projetos, ficar falando isso em voz alta para alguém que não te conhece será visto como infantilidade.

Participe de streamings de quadrinhos, como o SmocciTapastic e o Webtoon. Lá você encontrará dados como a quantidade de leitores, inscritos e estrelas a sua obra recebeu. Nestas plataformas você encontrará muita gente talentosa que vão te inspirar a fazer muito mais.

 

8 – FOCO

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-william-stitt
Foto por William Stitt

Preguiça, um dos males que mais afetam nós, autores. Levanta, se alongue, se necessário for, jogue um balde de água fria em você mesmo, mas deixa essa preguiça de lado!

Como dito anteriormente, é necessário que você trabalhe no seu projeto todos os dias, não deixe que a preguiça atrapalhe a sua produtividade.

Persista, mesmo que as coisas não pareçam estar dando certo ou saindo do lugar, continue o seu projeto até o fim.

Celular, games, redes sociais, Tv, Netflix: quando estiver trabalhando na sua história em quadrinhos esqueça a existência destas coisas que prendem a sua atenção e sugam todo o tempo que você poderia estar se dedicando a desenhar.

Lembre-se de uma coisa: enquanto você está aí parado, com preguiça e procrastinando, outra pessoa está criando uma história em quadrinhos, está publicando e ganhando novos leitores, e essa pessoa poderia ser você.

 

9 – DIVULGUE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-jason-rosewell
Foto por Jason Rosewell

Você terminou uma ilustração, gostou dela e está prestes a postá-la no seu Facebook. De repente bate aquela ansiedade, aquela apreensão.

O medo de compartilhar o seu trabalho.

Sabemos como é complicado divulgar o seu projeto pela primeira vez, nós mesmos ficamos horas olhando para a tela do computador antes de clicar em “publicar”.

Mas tenha coragem, compartilhe, veja a repercussão do seu trabalho, divulgue o seu projeto e faça com que as pessoas conheçam o seu nome.

As redes sociais (Facebook, Instagram, Pinterest, Devianart, entre outras) são uma grande ferramenta para se conseguir leitores para a sua história em quadrinhos.

Poste uma amostra do seu projeto em grupos no Facebook, use e abuse das hashtags no Instagram, crie o seu próprio blog ou site, divulgue a sua HQ.

 

10 – LIDE COM AS CRÍTICAS

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-jared-erondu
Foto por Jared Erondu

Não vamos negar, quando alguém fala algo ruim da sua arte é doloroso. Mas acredite, você se acostumará. Aos poucos você vai conseguir discernir entre críticas construtivas e críticas depreciativas.

Críticas construtivas devem ser ouvidas e analisadas. Seja criterioso e analise se a pessoa que comentou sobre o seu trabalho está certa. Tome cuidado, pois, existem muitos pseudointelectuais nas redes sociais.

Críticas depreciativas devem ser ignoradas. Lembre-se que existe a chamada inveja, pessoas te xingarão sem motivo algum, chamarão o seu projeto de porcaria e lixo, mas pode ter certeza que do outro lado da tela está uma pessoa que não tem maturidade e que está simplesmente falando estas coisas por não conseguir fazer o mesmo que você.

Você vai perceber que existem muitas pessoas incríveis, pessoas interessadas no seu projeto e que estão dispostas a te acompanhar.

É interessante ver que na medida que o seu projeto cresce e ganha seguidores, muitos daqueles que te criticaram voltam e começam a te acompanhar sem ao menos se lembrarem de que um dia falaram mal de você. Isso aconteceu (e muito) com a Imperial HQs.

 

11 – DIVIRTA-SE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-frank-mckenna
Foto por frank mckenna

Desenhe aquilo que você gosta. Crie uma história que você curta desenhar. Divirta-se!

Trabalhar com quadrinhos não é nada fácil, requer muito esforço e persistência, e para que você não abandone um projeto pela metade, é melhor tomar o cuidado de criar algo que não irá te cansar e não será visto como um trabalho, mas sim como diversão.

 

12 – GUARDE

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-christopher-flynn
Foto por Christopher Flynn

Sabe aquele projeto não concluído? Um esboço? Um rabisco?

Junte tudo isso e coloque em uma caixa. Guarde-a com carinho e cuidado, como se esta fosse um tesouro.

Estes antigos trabalhos podem te ajudar e muito no futuro. Funcionarão como um banco de ideias que podem ser usadas futuramente.

A maioria das ideias para projetos que postamos na Imperial HQs foram tiradas da nossa caixa de HQs que criamos quando ainda éramos crianças.

 

DICA EXTRA: FAÇA!

imperial-hqs-dicas-quadrinistas-iniciantes-will-van-wingerden
Foto de Will van Wingerden

Não adianta nada ficar lendo artigo sobre criar HQs e não botar a mão na massa.

Vamos lá! Aponte o seu lápis e comece a trabalhar no seu projeto, quanto mais rápido você criá-lo, melhor!

Lembre-se, uma ideia não vale nada se ela não for devidamente executada.

Não fique pensando que você não está pronto, que precisa estudar mais, aprender mais. Não fique preso a teorias. Pode ter certeza que você vai aprender muito mais com a pratica, gerando experiência ao criar a sua história em quadrinhos.

E você? Tem alguma dica que usa? Compartilhe com a gente nos comentários deste artigo!



Bruno Vieira Written by:

Fundador da Craft Comic Books e da Craft Autors.